Busca:

Valorização dos títulos do petróleo e imobiliário


A valorização dos títulos do petróleo e imobiliário hoje solicitado um aumento de 2,12 por cento do índice Ibovespa da Bolsa de Valores de São Paulo, que subiu para 58,950 pontos, o maior nível desde maio.

A possibilidade de um aumento no preço da gasolina, o que deu a entender, sem elaborar o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, empurrado para cima as ações da estatal petrolífera Petrobras, que ganhou 5,43 por cento taxa do comum 4,59 por cento e o preferencial.

Papéis preferenciais da Petrobras foram os mais negociados no dia, com uma quota de 12,91 por cento, o que serviu para levantar o Ibovespa.

Eles também tiveram um papel de destaque no dia das ações da propriedade, liderada por Gafisa ordinária, que subiu 8,24 por cento, e Rossi (6,25 por cento), bem como os Usiminas siderúrgica, com avanços de 7,10 e 5,77 por cento dos papéis ordinários e preferenciais, respectivamente.

O espaço brasileiro, que na terça-feira caiu para 1,06 por cento hoje recuperado 1225 unidades.

O Ibovespa variou de uma pontuação mínima de 57,637 unidades (-0,15 por cento) para uma alta de 58.962 unidades (2,14 por cento).

O parque registrou um volume de negócios de 7.119 milhões de reais (3520 milhões dólares EUA), resultam em 847,361 operações.

Ações ordinárias da empresa rapé Souza Cruz liderou as perdas com uma queda de 2,93 por cento.

Na taxa de câmbio comercial, o real valorizou-se 0,29 por cento hoje contra o dólar, que encerrou a sessão cotado a 2.020 reais para compra e 2,022 para a venda.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil