Busca:

Etiqueta Arquivos: cotação de valores da bolsa

Bovespa em busca de recuperação abre em baixa


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu o dia em baixa, numa nova tentativa de recuperação, após as recentes quedas. Nem mesmo o inesperado aumento nos pedidos semanais de auxílio-desemprego nos Estados Unidos foi capaz de arrefecer os ganhos apontados em Nova York, onde tentam encerrar uma sequência de seis baixas consecutivas.

bov3

No Brasil, a decisão amplamente precificada de novo aperto dos juros básicos desloca a atenção para a ata do Comitê de Política Monetária (Copom), na semana que vem. A ações da Brasil Foods também seguem em foco. Às 10h11 (horário de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) caía 0,02%, aos 63.020 pontos.

Mais

Bovespa inverte comportamento de ontem influenciada por exterior e Palocci


O discurso do presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos), Ben Bernanke, não impediu que a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechasse em alta ontem. Mas hoje a história deve ser diferente.

bov5

Os mercados internacionais continuam reagindo negativamente às ponderações feitas por Bernanke sobre a recuperação da economia norte-americana. No Brasil, esse impacto pode ser potencializado pela primeira crise política do governo de Dilma Rousseff. Às 10h11 (horário de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) recuava 0,25%, aos 63.057 pontos.

Mais

Bovespa avança 0,24% a pesar do comportamento exterior


A ausência de indicadores e de notícias sobre a situação grega abriu espaço para uma correção técnica e fez as bolsas subirem praticamente o dia todo. E seria assim, não fosse Ben Bernanke, o presidente do Banco Central americano (Federal Reserve), que no finalzinho da tarde deu declarações sobre a economia do país e fez as ações virarem para baixo na Bolsa de Nova York. Já a Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) conseguiu se segurar perto do zero a zero, depois de ter subido mais de 1% no melhor momento do dia.

bov2

O índice Bovespa (Ibovespa) encerrou o dia em alta de 0,24%, aos 63.217,85 pontos. No mês, acumula perda de 2,17% e, no ano, de 8,78%. O giro financeiro totalizou R$ 5,535 bilhões. Os dados são preliminares.

O presidente do BC americano disse nesta terça (7) que o crescimento da economia dos Estados Unidos em 2011 está bastante abaixo do previsto, mas que deve se acelerar no segundo semestre. Para ele, a política de acomodação ainda é necessária e as taxas de juros devem permanecer baixas por período prolongado. Ele ainda ressaltou que os efeitos do estímulo federal estão desaparecendo e que as condições, especialmente no mercado de mão de obra, são preocupantes.

Mais

Forte queda da Bovespa nesta segunda-feira


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) caiu cerca de 2% nesta segunda-feira (6), ao acompanhar o pessimismo dos mercados globais com a fraqueza econômica dos EUA e a crise na zona do euro. O Ibovespa recuou 1,98%, aos 63.067 pontos, na maior queda diária desde 9 de fevereiro, quando caiu 2,36%. O volume financeiro do pregão desta segunda-feira foi de R$ 5,99 bilhões.

bov1

Ao longo do ano, o principal índice do mercado acionário brasileiro tem queda acumulada de 9%. Depois de alimentar nos últimos dias expectativas de que a União Europeia e o Fundo Monetário Internacional (FMI) dariam um novo socorro à Grécia, nesta segunda-feira os investidores passaram a embutir nos negócios a possibilidade de revés, após o próprio governo grego afirmar que um pacote ainda não estava fechado.

Mais

Bovespa sobe e inverte movimento


Após abrir o dia em baixa influenciada por dados ruins dos Estados Unidos, a Bovespa reverteu o movimento e passou para o campo positivo. Às 11h26, o Ibovespa registrava ganho de 0,69% aos 64.663,57 pontos.

bov6

No mesmo momento, as blue chips seguiam em direções distintas. As ações ON da Petrobrás registravam ganhos de 0,56% a R$ 26,73 e as PN, +0,38% a R$ 24,04. Já os papéis ON da Vale perdiam 0,48% a R$ 49,61 e os PNA, -0,31% a R$ 44,57.

O relatório sobre o mercado de trabalho dos EUA (payroll) ficou abaixo das expectativas. Os EUA anunciaram hoje a criação de 54 mil vagas de emprego no mês passado, número bem abaixo da previsão de abertura de 160 mil postos de trabalho.

Mais

Leve alta e busca de recuperação na Bovespa


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) abriu o dia em alta, mas muito próxima da estabilidade. Às 10h39 (horário de Brasília), o índice Bovespa (Ibovespa) já recuava 0,03%, aos 63.431 pontos. Hoje, os investidores continuam atentos às notícias sobre a recuperação econômica no exterior e às suas consequências para o mercado brasileiro.

bov8

"A recuperação global mais lenta pode ajudar na convergência da inflação brasileira ao centro da meta (de 4,5%) em 2012, conforme espera o Banco Central", avalia o economista da Senso Corretora, Antônio César Amarante. Ele lembra que os países emergentes, sobretudo os Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), foram duramente afetados pelo excesso de liquidez dos mercados, que provocou uma forte alta das commodities.

Mais

Bovespa sobe mais de 1% e volta no entorno dos 64 mil pontos


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) subiu mais de 1% nesta quinta-feira (2), depois de cair quase 2% na véspera. O Ibovespa fechou em alta de 1,27%, a 64.218 pontos. O volume financeiro do pregão foi de R$ 5,52 bilhões, abaixo da média diária.

bov2

Na semana, o indicador permanece praticamente estável, com ligeira queda de 0,12%. A alta do Ibovespa ganhou fôlego no final do pregão, descolando o índice das bolsas norte-americanas.

Na quarta-feira, a preocupação com a atividade econômica em desaceleração nos Estados Unidos provocou uma forte aversão a risco e derrubou o Ibovespa, junto com outros ativos como commodities.

Isso não se repetiu nesta quinta-feira, permitindo que muitos investidores levassem a cabo a estratégia mais otimista que já defendiam nos últimos dias.

Mais