Busca:

Etiqueta Arquivos: Bovespa

Bovespa encerrou a sexta-feira operando com mercado instável


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) encerrou a sexta-feira (4) com um mercado instável influenciado pela crise grega. O Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) ganhou 0,81%, aos 58.669,92 pontos após apresentar queda durante o período da manha.bov3

Na semana, a Bovespa recuou 1,42%. No mesmo dia, o dólar comercial encerrou com ligeira alta de 0,05%, cotado a R$ 1,742 em uma sessão marcada pela instabilidade.

No mercado internacional, o índice Dow Jones, de Nova York também terminou o dia com queda, em 0,51%, acompanhado pelo Nasdaq que recuou 0,44%. Nas bolsas européias, as quedas foram ainda mais fortes, influenciados pela tensão dos mercados gregos e italianos que continua a apresentar instabilidade na zona do euro.

Mais

Bovespa sobe 0,81% enquanto enquanto no exterior as perdas são a realidade


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), fechou esta sexta-feira com leve alta de 0,81%, com 58,669 pontos. O giro financeiro do dia foi de R$ 5,292 bilhões, em 541.722 operações. O movimento moderado ocorre após um dia complicado de especulações sobre as medidas tomadas pela Grécia, centro da crise financeira da Zona do Euro.

bov1

Nos Estados Unidos, Os principais índices movidos em Wall Street terminaram o dia em queda após quatro semanas de alta. A instabilidade política que se renova na Europa foi um dos principais fatores da mudança de direção, com os investidores esperando pela resposta ao voto de confiança na Grécia.

A referência da Bolsa de Nova York e indicador industrial Dow Jones voltou 0,51%, enquanto o termômetro tecnológico Nasdaq caiu 0,44% e o Standard & Poor's 500 perdeu 0,63%. No acumulado da semana, Dow Jones recuou 2%, Nasdaq ficou com menos 1,9% e o S&P desvalorizou 2,5%.

Mais

Bovespa encerra com ganho de 1,52%


A Bovespa pegou carona no bom humor externo e retornou do feriado de Finados em alta e de volta aos 58 mil pontos. A possibilidade de a Grécia abandonar a consulta popular para decidir se aceita ou não os termos do acordo de ajuda da União Europeia deu o tom do otimismo, embora, oficialmente, nada ainda esteja certo.Bolsa-de-Nueva-York

O Ibovespa terminou o pregão em alta de 1,52%, aos 58.196,30 pontos. Na mínima, registrou 57.327 pontos (+0,01%) e, na máxima, 58.481 pontos (+2,02%). No mês, acumula perda de 0,24% e, no ano, de 16,03%.

O governo grego convocou, na segunda-feira, o referendo, mas, hoje, sinalizou que ele deixaria de existir se houvesse um acordo com a oposição para aprovar o plano de socorro. No Congresso, entretanto, a situação de Papandreou não é boa: a oposição abandonou a Casa hoje, durante um debate, e avisou que vai rechaçar o voto de confiança ao governo do primeiro-ministro, que deve ir à apreciação amanhã.

Mais

Bovespa fecha em queda de 1,74% de olho no exterior


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) iniciou o mês de novembro no terreno negativo, voltando ao patamar dos 57 mil pontos. A bolsa paulista seguiu o pessimismo e a aversão ao risco observados nos mercados internacionais após o anúncio de um possível referendo na Grécia sobre o plano de ajuda.

bov7

Após encerrar outubro com ganho de 11,50%, o Ibovespa chegou a ceder quase 4% em poucos minutos de pregão nesta terça-feira. No fechamento, o índice reduziu as perdas para 1,74%, aos 57.322 pontos.

O balde de água fria nos mercados foi resultado da declaração do primeiro-ministro da Grécia, George Papandreou, que defendeu ontem a realização de um referendo sobre a nova ajuda financeira ao país. “Se o povo grego não quiser, ela simplesmente não será implementada”, assegurou o chefe de governo, surpreendendo até mesmo os deputados a quem falava.

Mais

Bovespa encerra a semana com alta de 0,21%


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) conseguiu encerrar o dia esta quinta-feira (29) com leve alta. Durante o dia, a Bolsa oscilou bastante entre os níveis negativos e positivos em um dia marcado pela volatilidade do mercado acionário.

bov5

O Ibovespa (principal índice da Bolsa de paulista) encerrou com a valorização de 0,21% aos 53.384,67 pontos. Nesta semana, a Bovespa conseguiu avançar 0,29%, mas no acumulado do mês, a queda fica em 5,51% e no ano chega aos desastrosos 22,27%.

O giro financeiro do pregão foi de R$ 5,3 bilhões. No mesmo dia, o dólar comercial continuou a crescer e voltou a fechar o segundo dia seguido com a alta. A moeda norte-americana cresceu 0,35% e ficou cotada a R% 1,843 na venda.

Mais

Bovespa se descola de NY e sobe apenas 0,21%


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) voltou a se descolar das praças financeiras de Nova York, que fecharam a quinta-feira com ganhos mais expressivos do que o mercado doméstico. O Ibovespa encerrou em alta de 0,21%, aos 53.384 pontos, após subir 1,76% na máxima do dia, em mais um pregão volátil. No mercado de câmbio, o dólar ganhou 1,20%, cotado a R$ 1,8520, e já acumula valorização de 16,19% em setembro.

Dinero-mercado

Em Nova York, Dow Jones subiu 1,30% e S&P 500 ganhou 0,81%. Já Nasdaq, termômetro de tecnologia, fechou no terreno negativo, em queda de 0,43%.

‘A instabilidade econômica na Europa traz alguns ventos receosos e já há dúvidas se o Brasil pode vir a importar uma pequena recessão’, explica Raffi Dokuzian, superintendente da Banif Corretora.

O Banco Central (BC) previu hoje menor crescimento da economia brasileira e inflação mais alta em 2011. No Relatório de Inflação do terceiro trimestre, o BC reduziu de 4% para 3,5% a projeção de expansão do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano. Já a estimativa de inflação medida pelo IPCA (índice oficial do governo) em 2011 aumentou de 5,8% para 6,4%.

Mais

Bovespa opera em baixa e dólar sobe


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) operava em baixa nesta quarta-feira (28). Por volta das 14h40, o Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) caía 0,48%, aos 53.660,68 pontos. Em Wall Street, o índice Dow Jones caía 0,44%.

2dk8TYL

A cotação do dólar comercial seguia em alta de 1,22% na venda, a R$ 1,827. O euro tinha valorização de 1,28%, a R$ 2,485.

Bolsas internacionais

As principais bolsas europeias encerraram a quarta-feira em queda, com investidores em busca de lucros rápidos após as fortes altas de ontem, quando as bolsas da região apresentaram ganhos em torno de 5%.

Mais

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil