Busca:

Etiqueta Arquivos: bm Bovespa

Bovespa sobe acompanhando o comportamento da Europa


Depois de muita turbulência no cenário político europeu, os governos parecem estar voltando a normalidade e com isso as bolsas de valores sobem nesta terça-feira. A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) avançava 1,09%, a 57.947 pontos, pouco depois da abertura.

bov5

'Hoje não há muita novidade, somente a votação do orçamento no Senado italiano', diz o economista da corretora Gradual, André Perfeito.

Pela manhã, o Senado da Itália aprovou o orçamento para 2012, com alguns cortes. Agora, o projeto vai para aprovação final na Câmara do país.

No horário, a bolsa de Londres subia 0,83%, Paris, 1,13%, Madri, 1,45%, Frankfurt,1,60%, e Milão, 1,67%. Mais

Bovespa opera em alta tentando recuperar as perdas


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) aproveitava a leve melhora no cenário externo e operava em alta nesta quinta-feira, recuperando parte das perdas da véspera, quando caiu 2,5%. Às 13h05, o Ibovespa subia 0,48%, a 57.825 pontos. O giro financeiro do pregão era de R$ 1,4 bilhão.

bolsa_de_comercio-300x208“Na quarta-feira a queda foi muito forte por causa de Itália, que pegou (as ações de) bancos e contaminou tudo”, lembrou o economista Pedro Paulo da Silveira, da TovCorretora. Para ele, a recuperação desta sessão também está relacionada com a atual atratividade dos mercados emergentes.

“A Bovespa vinha em um processo de recuperação porque já tinha apanhado muito e como os mercados emergentes (neste momento) são a saída, ele dá essa recuperada”, afirmou. No cenário externo, houve uma leve melhora nos temores dos investidores, com a notícia de que, na Grécia, um novo governo assumirá às 10h (de Brasília) de sexta-feira. Mais

Bovespa cede 2,5% de olho na tensão exterior


Investidores temerosos com os desdobramentos da crise italiana dispararam ordens de venda pelas principais Bolsas do planeta ontem. A brasileira Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), onde os investidores estrangeiros respondem por mais de um terço de negócios, seguiu de perto essa tendência.

bov3

O índice de ações Ibovespa retrocedeu 2,5% no fechamento, atingindo os 57.549 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6 bilhões. A ação preferencial da Petrobras foi um dos destaques do dia: além do volume de negócios expressivo (mais de 10% do total), a desvalorização de 4,23% contribuiu fortemente para a derrocada do Ibovespa.

Mais

Na contramão do exterior, Bovespa fecha com leve perda


A Bolsa de Valores de São Paulo fechou em queda nesta terça-feira, com o Ibovespa perdendo 0,28%, cotado 59.026 pontos e, a exemplo de ontem, voltou a fechar na contramão da Europa. Na segunda-feira, enquanto as bolsas europeias caíam, o Ibovespa subia. Hoje, foi o contrário. À tarde, o índice passou a cair.bov2

Entre as principais quedas do Ibovespa ficaram as ações de MMX (-3,76%), Brasil Telecom (-3,67%) e Cesp (-2,26%). No outro extremo, os papéis que mais subiram foram de Telemar NL (+5,59%), Hypermarcas (+5,47%) e Braskem (+5,91%). Com grandes pesos no índice, Petrobras e Vale caíram. A petrolífera perdeu 1,19%, enquanto a mineradora caiu 0,45%.

Os mercados operavam de olho na votação na Câmara italiana hoje e na renúncia do primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi. Apesar de ter conseguido aprovar o Orçamento de 2010 nesta terça-feira, Berlusconi perdeu a maioria absoluta na Câmara.

Sob pressão para renunciar, em meio ao temor de que o país possa ser a próxima vítima da crise das dívidas na zona do euro, o primeiro-ministro italiano disse que deixará o posto após a aprovação de pacote de austeridade no país. Mais

As blue chips impulsionam Bovespa +0,9%


A Bovespa fechou o pregão desta segunda-feira com um comportamento melhor que os mercados externos, guiada pelas blue chips Petrobras e Vale. O Ibovespa subiu 0,9 por cento, a 59.198 pontos. O giro financeiro do pregão foi de 4,95 bilhões de reais.

bov8

Nos Estados Unidos, o Dow Jones subia de 0,38 por cento às 18h27, enquanto o Standard & Poor's ganhava 0,33 por cento. Com o fim do horário de verão nos Estados Unidos, a partir desta segunda-feira os mercados de Nova York fecham às 19h, pelo horário de Brasília.

“A Bovespa vem com um descolamento positivo nos últimos dias”, disse o analista João Pedro Brugger, da Leme Investimentos, lembrando que na sexta-feira o Ibovespa subiu mais de 1 por cento, enquanto os índices de Nova York recuaram.

Mais

Bovespa encerrou a sexta-feira operando com mercado instável


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) encerrou a sexta-feira (4) com um mercado instável influenciado pela crise grega. O Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) ganhou 0,81%, aos 58.669,92 pontos após apresentar queda durante o período da manha.bov3

Na semana, a Bovespa recuou 1,42%. No mesmo dia, o dólar comercial encerrou com ligeira alta de 0,05%, cotado a R$ 1,742 em uma sessão marcada pela instabilidade.

No mercado internacional, o índice Dow Jones, de Nova York também terminou o dia com queda, em 0,51%, acompanhado pelo Nasdaq que recuou 0,44%. Nas bolsas européias, as quedas foram ainda mais fortes, influenciados pela tensão dos mercados gregos e italianos que continua a apresentar instabilidade na zona do euro.

Mais

Bovespa sobe 0,81% enquanto enquanto no exterior as perdas são a realidade


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), fechou esta sexta-feira com leve alta de 0,81%, com 58,669 pontos. O giro financeiro do dia foi de R$ 5,292 bilhões, em 541.722 operações. O movimento moderado ocorre após um dia complicado de especulações sobre as medidas tomadas pela Grécia, centro da crise financeira da Zona do Euro.

bov1

Nos Estados Unidos, Os principais índices movidos em Wall Street terminaram o dia em queda após quatro semanas de alta. A instabilidade política que se renova na Europa foi um dos principais fatores da mudança de direção, com os investidores esperando pela resposta ao voto de confiança na Grécia.

A referência da Bolsa de Nova York e indicador industrial Dow Jones voltou 0,51%, enquanto o termômetro tecnológico Nasdaq caiu 0,44% e o Standard & Poor's 500 perdeu 0,63%. No acumulado da semana, Dow Jones recuou 2%, Nasdaq ficou com menos 1,9% e o S&P desvalorizou 2,5%.

Mais

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil