Busca:

Etiqueta Arquivos: analise técnica ações

Otimismo reduz aluguel de ações em janeiro


A perspectiva positiva para a bolsa de valores neste início de ano resultou na queda do aluguel de ações em janeiro, para R$ 63,348 bilhões. Trata-se de um recuo de mais de R$ 20 bilhões em relação à cifra recorde atingida em dezembro de 2011, de R$ 84,767 bilhões.

BOVESPA20Nessa transação, o detentor do ativo “empresta” suas ações temporariamente para investidores ou montarem posições “vendidas”, apostando na desvalorização de preços, ou compor estratégias de arbitragem, com operações de compra e venda para ganhar com a diferença de preço dos papéis, e não com a direção da bolsa.

O aluguel de ações tende a crescer quando a expectativa do mercado é de que o Índice Bovespa ou uma ação específica decline, explica o analista da XP Educação, Marcos Moore. “Muitos fundos de investimentos que realizam operações de arbitragem e investidores individuais tomam papéis para ficar vendidos (ou “short”, como também é conhecida a estratégia). Por isso, o viés de valorização do índice em janeiro explica a queda do volume movimentado em operações de aluguel”, diz. No mês passado, o Ibovespa avançou 11,1%, depois de recuar 18,11% em 2011.

Mais

Desestatização da Cigás está na Comissão de Licitação


A Comissão Geral de Licitação do Amazonas (CGL/AM) deve liberar esta semana a licitação de tomada de preço para a contratação da empresa que irá administrar a desestatização da Companhia de Gás do Amazonas (Cigás). Segundo o presidente da Comissão Estadual de Desestatização da Cigás, Raul Zaidan, o governo contratará uma empresa financeira para definir o preço da companhia e acompanhar o processo de venda no pregão da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa). “A empresa contratada fará a precificação e acompanhamento até o final do processo na bolsa de valores”, disse.

bov5

A tomada de preços é uma modalidade de licitação utilizada para contratações com valor estimado em até R$ 650 mil. A modalidade destina-se a empresas previamente cadastradas. De acordo com a assessoria de imprensa da CGL/AM, foram encontradas “algumas inconsistências formais no processo e por isso a licitação ainda não foi publicada”. Ainda de acordo com a assessoria, os problemas já estão sendo solucionados e a publicação deve ocorrer na quinta-feira, no site da comissão e no Diário Oficial do Estado do Amazonas.

Mais

O lucro da BM&FBovespa caiu para R$ 1,54 bilhão em 2011 ante R$ 1,58 bilhão em 2010


BM&FBovespa busca private equity

O lucro da BM&FBovespa caiu para R$ 1,54 bilhão em 2011 ante R$ 1,58 bilhão em 2010. A causa foi a forte elevação das despesas, que avançaram 29%, subindo de R$ 633 milhões em 2010 para R$ 817 milhões em 2011. A bolsa vai se esforçar para atrair mais empresas, mesmo sem abertura de capital. “Queremos fortalecer o projeto Nova Bolsa, que é uma grande vitrine para os fundos de private equity”, diz Edemir Pinto, presidente da empresa.

bov7

Destaque no pregão

A Vale registrou lucro líquido de US$ 22,88 bilhões em 2011. A cifra é recorde em dólares e representa um avanço de 32,56% ante o resultado de 2010. O Ebitda somou US$ 33,76 bilhões, com crescimento anual de 29,26%. Os embarques de minério de ferro e pelotas também atingiram recorde histórico, com quase 300 milhões de toneladas, enquanto as vendas de níquel e cobre tiveram o seu melhor ano desde 2008. Segundo o presidente, Murilo Ferreira, a execução disciplinada da estratégia permitiu que a empresa lucrasse com a forte demanda global.

Mais

Terceira semana de Fevereiro na Bovespa


DOW JONES

Febrero 3 Dow Jones
IBOVESPA

Febrero 3 Ibovespa

Mais

Estrangeiros mostram menor apetite por ações


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) começa o dia com oscilação. Após abrir em leve alta, às 12h27 apresenta queda pequena, de 0,07%.

Bolsa-Madrid-Madrilgo-Burtsa-2008012419430709hg2

Os estrangeiros dão sinais de que não devem manter o fluxo visto no primeiro mês do ano; entretanto, apesar da saída de R$ 383 milhões na última quarta-feira (dia 15), a Bovespa registra saldo acumulado de R$ 7,395 bilhões em capital externo neste ano. Em igual período do ano passado, havia um déficit de R$ 1,555 bilhão em recursos estrangeiros, segunda dados da BM&FBovespa.

No dia 15, o Ibovespa fechou em alta de 0,51%, aos 65.368,49 pontos, após atingir pela manhã a máxima de 66.004 (+1,48%). O giro financeiro totalizou R$ 19,361 bilhões, influenciado pelo exercício de Ibovespa futuro.

Mais

Lucro recorde de US$ 22,885 bilhões em 2011 da Vale


A mineradora brasileira Vale registrou lucro líquido de US$ 22,885 bilhões em 2011, uma alta de 32,55% em relação ao ano anterior, segundo a empresa informou nesta quarta-feira por meio de comunicado.

BOVESPA20“Nosso desempenho financeiro foi extraordinário, o melhor de todos os tempos. Batemos vários recordes, a despeito de um ambiente econômico desafiador”, comemorou o presidente da empresa, Murilo Ferreira, citado no texto.”A execução disciplinada de nossa estratégia e a execução de nossas operações foram essenciais para que pudéssemos nos beneficiar da forte demanda global por minerais e metais”, completou.

A companhia registrou um recorde de vendas de mineral de ferro e pelotas de minério de 299,1 milhões de toneladas, registrando um aumento de 1,6% sobre o volume de 2010, afirma o texto.

Mais

Para monitorar mercado derivativo, Fazenda cria um grupo técnico


Preocupada com o crescimento equilibrado no mercado de derivativos, a equipe econômica criou um grupo técnico para avaliar a exposição financeira das empresas e das instituições financeiras a esse tipo de aplicação. Portaria publicada, nesta quarta-feira (15), no Diário Oficial da União, criou um comitê gestor formado por integrantes pelo Ministério da Fazenda e o Banco Central para monitorar esse mercado.

bovespaDe acordo com a portaria, além de acompanhar a evolução dos valores aplicados, o grupo tem como objetivo fazer estudos e propor normas que assegurem maior eficiência e segurança nessa modalidade.

O comitê gestor será coordenado pelo Ministério da Fazenda e terá membros das secretarias Executiva, de Política Econômica, do Tesouro Nacional e da Receita Federal. Pelo Banco Central, participarão técnicos das diretorias de Normas e Organização do Sistema Financeiro, de Política Monetária e de Fiscalização. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também terá representantes no grupo, que poderá criar subgrupos técnicos para desenvolver estudos.

Mais

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil