Busca:

Salário Mínimo e Irã sustentam dólar em alta


Na contramão externa, o dólar subiu ante o real, pelo terceiro dia consecutivo. A expectativa com a votação do novo salário mínimo na Câmara marcada para ontem à noite e a alta do petróleo, que chegou a ficar perto dos US$ 86 por barril durante a tarde, após Israel alertar sobre o envio pelo Irã de dois navios de guerra ao Mar Mediterrâneo, levaram os investidores a reforçar as compras da moeda para proteção.

Dolar-cotizacion

O dólar à vista subiu a R$ 1,6710 (+0,12%). Contudo, no mercado internacional, o dólar não teve forças para recuperar terreno em relação ao euro. Apesar dos indicadores positivos divulgados nos EUA, as previsões de inflação baixa e desemprego elevado contidas na ata da primeira reunião de 2011 do Federal Reserve, o BC norte-americano, justificaram a manutenção da política de afrouxamento quantitativo, incluindo a compra de bônus do Tesouro, que deve terminar em junho. A continuidade desta política ajuda a enfraquecer o dólar.

Nos juros, o ”rolo compressor” do governo para aprovar o salário mínimo de R$ 545 e a estabilidade do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) em dezembro na margem, ampliaram o movimento de queda das taxas iniciado na terça-feira. O contrato de juro mais líquido, o de janeiro de 2013, recuou de 12,82% no ajuste de terça-feira para 12,71%, mínima de ontem. O contrato para janeiro de 2012 caiu de 12,39% para 12,36%.

A Bovespa subiu 1,86%, aos 67.576,62 pontos, recuperando o patamar de 67 mil pontos, perdido desde o começo do mês, em meio ao clima positivo no exterior e o vencimento de índice futuro. Os papéis de bancos foram os destaques de alta. Em Nova York, o índice Dow Jones avançou 0,50% e o S&P 500, 0,63%.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil