Busca:

Os preços se movem em tendências.


Este é um outro ponto essencial à análise técnica: o conceito de tendência. Sem acreditar nele, não adianta prosseguir, pois justamente o propósito da análise técnica é identificar as tendências nos seus primeiros estágios, para recomendar operações que se beneficiem dessas tendências. ETF3

Há um corolário à premissa de que os preços se movem em tendências: uma tendência em curso tem maiores possibilidades de continuar do que de reverter, exatamente como enuncia o princípio da inércia, estabelecido por Isaac Newton.

Poderíamos também dizer que uma tendência continuará na mesma direção até que reverta. Parece uma coisa óbvia, mas a tarefa da análise técnica é identificar a existência de uma tendência e perceber os sinais de sua reversão.

Entenda as Famosas Linhas de Tendência.

Na análise técnica, o analista utiliza as variações de preços dos papéis ao longo do tempo representados dentro de um gráfico como forma de interpretar suas tendências e definir suas estratégias.

O intervalo de tempo necessário para se avaliar um papel é bastante variável, mas a análise do papel por um período de no mínimo 90 dias deve ser suficiente para o investidor avaliar o gráfico da empresa e traçar suas estratégias de atuação.

Os preços das ações não variam ao longo do tempo na forma de retas, na verdade, as variações dos preços representados no gráfico se dão na forma de ziguezague. Nestes ziguezagues formados pelo movimento dos preços representados no gráfico, podemos identificar topos e fundos.

Topos são pontos no gráfico onde o preço de determinado papel toma a direção oposta ao movimento de alta e, ao fazer isto, a representação gráfica do preço da ação toma o formato de um topo. No gráfico 1, os topos estão identificados com a letra T.

Já os fundos são pontos no gráfico onde o preço do papel toma a direção oposta ao movimento de baixa formando assim um fundo. Também no gráfico 1, os fundos estão identificados com a letra F.

clip_image002

Existem três tipos de linhas de tendência: as de alta, as de baixa e as laterais. No gráfico 1, o preço da ação em questão segue sem tendência no início do gráfico. A linha 1, representada por L1, apresenta topos e fundos irregulares na horizontal, caracterizando, assim, uma linha de tendência lateral.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil