Busca:

Os negocios da Port X valorizando o Bovespa


O empresário brasileiro pode ficar com orgulho de mais uma nova conquista na economia a partir do sucesso de as ações ordinárias da PortX, que valorizam mais de 800% nos negócios na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo).

Foi uma grande estréia no segmento do Novo Mercado (mercado ligado para empresas que tenham melhores práticas de governança). O papel chegou a cota R$ 3,94, com um giro financeiro de R$ 42,5 milhões. Representou uma suba de 800 %.

A PortX é proprietária do Superporto Sudeste, no Rio de Janeiro, companhia destinada somente à movimentação de minério de ferro e ainda em construção. Quando concluído, esse terminal deve embarcar a produção da MMX, também uma companhia de mineração do grupo do empresário Eike Batista, e de outras empresas do Quadrilátero Ferrífero, em no estado Minas Gerais.

Hoje oficialmente se divulgou ao mercado um comunicado no qual a empresa expressou que foram assinados contratos para aquisição de terrenos próximos ao pátio de estocagem do Superporto, em Itaguaí (Rio de Janeiro).

"Com esta aquisição, a Companhia viabiliza a potencial duplicação da capacidade de embarque de seu terminal privativo de 50 para 100 milhões de toneladas de minério de ferro por ano", revelou a diretoria da PortX no comunicado, que não explicou outros detalhes sobre os custos da operação.

Enquanto isso as outras empresas do empresário não mostrarem o mesmo desempenho. As ações da LLX (logística) chegarem a baixar 36,4%, sendo negociadas por R$ 4,92, enquanto as ações da MMX (mineração) valorizam 1,36%, cotadas por R$ 12,67.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil