Busca:

Mercado financeiro nacional não será prejudicado pela crise no Japão


A Bolsa de Tóquio encerrou o pregão de sexta-feira com queda de 0,48%. Na semana, o resultado foi de ganho líquido de 1,8%, mas no acumulado do ano as perdas atingem 6,8%.

O índice Nikkei 225, da Bolsa de Tóquio, reflete como a economia do país se comporta e quais são suas expectativas quanto à recuperação. E mesmo com queda acumulada no ano, durante a semana houveram várias altas diárias.

O professor José Ricardo Escolá de Araújo destaca que, se a Bolsa do Japão se comporta com certa estabilidade, não há porque se preocupar com impactos no mercado financeiro brasileiro.

Ele explica que o movimento esperado para o setor é a elevação do custo financeiro internacional, impulsionado pela demanda de recursos para o Japão se recuperar.

E nesse caso, o Brasil fica em situação isenta. "Nós não possuímos mais dívidas externas. Agora só temos internas", diz Escolá de Araújo. Portanto, países com dívida no FMI (Fundo Monetário Internacional), por exemplo, sofrerão com o encarecimento.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil