Busca:

Dólar chega a R$ 1,7765 e Bovespa cai 0,19%


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) fechou a segunda-feira com leve queda de 0,19%, chegando a passar por uma baixa de cerca de 2%. Os números estiveram em uma tendência inferiorizada pelas notícias da Europa, que após período complicado, anunciou um novo plano de expectativas e medidas para evitar um calote (default) na dívida da Grécia. O Ibovespa, principal índice de ações brasileiras, ficou com 57.102 pontos. O volume financeiro foi de R$ 10,2 bilhões.

20071214psamla_5

Nos Estados Unidos, os principais índices também fecharam em queda. Assim como no Brasil, as bolsas se recuperaram no fim, após a notícia de um possível acordo no fundo criado para o resgate econômico europeu. Antes, havia um forte pessimismo com o fim de semana, que não teve nenhum sinal de solução para a dívida soberana da zona do euro. O índice de referência da bolsa de Nova York, Dow Jones, caiu 0,94%, o termômetro tecnológico Nasdaq perdeu 0,36% enquanto o Standard & Poor’s marcou menos 0,98%.

O dólar subiu 2,57% nesta segunda-feira, a R$ 1,7765 para a venda. Este configura o maior fechamento desde 21 de julho de 2010, quando a moeda marcou R$ 1,781. Só em setembro o dólar já tem alta de 11,55% e de 6,63% no ano.

Na Europa, que passa por um fechamento anterior ao do Brasil e EUA, o medo de um defalt na Grécia fez os principais bancos recuarem e com que as bolsas despencassem. Chegou a existir um rumor de que o país em dificuldades quebrasse ainda na próxima terça-feria. O mercado não chegou a absorver os frutos das conversas que discutiram a crise e procuraram determinar ajudas financeiras. O índice pan-europeu Stoxx 600 caiu 2,26%, fechando em 224,96 pontos. Paris terminou a segunda-feria com queda de 3,00%, Frankfurt, voltou 2,83%, Londres ficou com menos 2,03%.

Post Relacionados

2 Comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil