Busca:

Diferença entre Mercado Primário e Mercado Secundário


O Mercado Primário compreende o lançamento de novas ações no mercado; é uma forma de captação de recursos para a empresa. Uma vez ocorrendo esse lançamento inicial ao mercado, as ações passam a ser negociadas no Mercado Secundário, onde ocorre a troca de propriedade de título.

bov2

Ou seja, no Mercado Primário, quem vende as ações é a companhia, usando os recursos para se financiar. No Mercado Secundário, o vendedor é você (investidor) que se desfaz das ações para reaver o seu dinheiro. Por isso, os negócios que você realiza em Bolsa de Valores correspondem ao Mercado Secundário.

Instituições

CVM – (Comissão de Valores Mobiliários) ; Órgão responsável pela regulamentação e fiscalização do mercado de ações.

BOVESPA e SOMA; Bovespa – (Bolsa de Valores de São Paulo); Principal Bolsa de Valores do país, onde são realizadas a compra e venda de ações. SOMA – Sociedade Operadora do Mercado de Ativos S/A; Empresa responsável pela administração do mercado de balcão organizado no Brasil.

O seu objetivo é oferecer um ambiente eletrônico para negociação de títulos e valores mobiliários e demais ativos financeiros ao mercado.

Ativos negociados

a) títulos e valores mobiliários, de companhias de capital aberto, registrados na CVM para negociação (ações, debêntures, recibos de carteira de ações e outros);

b) títulos e valores mobiliários emitidos por sociedades beneficiárias de recursos oriundos de incentivos fiscais, registrados na CVM;

c) certificados de investimento em obras audiovisuais;

d) quotas de fundos de investimento fechados, que tenham sido objeto de distribuição pública;

e) TDA – Títulos da Dívida Agrária emitidos pelo Tesouro Nacional, com registro na CETIP – Central de Custódia e de Liquidação Financeira de Títulos.

A SOMA é uma sociedade anônima de capital fechado controlada pelos principais intermediários financeiros: sociedades corretoras de valores, bancos de investimento e sociedades distribuidoras de títulos e valores mobiliários.

Corretoras

São as instituição que estão autorizadas a comprar e vender ações na Bolsa de Valores para os seus clientes. As Corretoras constituem instituições financeiras membros das Bolsas de Valores, credenciadas pelo Banco Central, pela CVM e pelas próprias Bolsas, e estão habilitadas, entre outras atividades, a negociar valores mobiliários com exclusividade no pregão físico (viva-voz) ou eletrônico da BOVESPA.

Home brokers

Para permitir que cada vez mais pessoas possam participar do mercado acionário e, ao mesmo tempo, tornar ainda mais ágil e simples a atividade de compra e venda de ações, foi criado um moderno canal de relacionamento entre os investidores e as Sociedades Corretoras da BOVESPA: o Home Broker.

De forma semelhante aos serviços de Home Banking, oferecidos pela rede bancária, os Home Brokers das Corretoras estão interligados ao sistema de negociação da BOVESPA e permitem que o investidor envie, automaticamente, através da Internet, ordens de compra e venda de ações.

Para investir em ações via Internet, é necessário que o investidor seja cliente de uma Corretora da BOVESPA que disponha dessa facilidade. Para sua segurança, antes de iniciar seus negócios, certifique-se de que se trata de uma Corretora da BOVESPA aqui.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil