Busca:

Bovespa sobe por causa da Petrobras y CSN, o real continua a se fortalecer.


A Bolsa de Valores de Brasil, BOVESPA, subiu nesta terça feira e alcançou o seu maior nível em sete semanas, empolgado especialmente pelos papeis da petroleira estatal Petrobrás e os da siderúrgica CSN, enquanto que a moeda local, o real, também se viu fortalecida.

O índice referencial da Bolsa de Valores de São Paulo, o índice Bovespa, trepou até os 1,46% alcançando os 69.576,38 pontos, após ter apresentado uma perda de 0,39 na segunda feira.

O moto negociado no pregão foi de 10 mil milhões de reais, uns 5 milhões e meio de dólares, o maior do ano, apoiado por operações diretas de corretagem com papeis da Petrobrás, especialmente realizadas por parte do Credit Suisse.

“De repente e sem souber de nada, do nada venho uma montanha de ordens de compra para Petrobrás”, foi o que relatou um operador de uma corretora paulista que mantemos no anonimato.

Entanto os principais indicadores do Wall Street, e o índice de bolsa paneuropeio FTSEurofirst 300, fecharam em alça estáveis com leves ganhos, a praça local se viu potenciada pelas ações de empresas relacionadas com as matérias primas.

Os papeis da Vale e da Petrobrás são os de maior peso no Bovespa, e os papeis da petroleira estatal são o centro da disputa pelos contratos de opções sobre ações que tem atuação na próxima segunda.

Entre as ações que mais geraram destaque no pregão de hoje, se tem os da industria siderúrgica (Companhia Siderúrgica Nacional – CSN) , que subiram um 3,93 por cento, após ser anunciados seus planes para separar os negócios do grupo e abrir o capital das unidades.

A empresa, que e o maior grupo siderúrgico diversificado no Brasil, espera um crescimento na ordem dos 30% nas vendas domésticas neste ano e planeia uma oferta pública inicial (OPI) da enorme mina de ferro que tem, chamada Casa de Pedra, para os próximos meses, segundo o que falaram os executivos da companhia.

Os papeis da empresa de metal Usiminas em tanto, saltaram um 3,51% e os da elétrica estatal Eletrobrás um 3,58%

O real em tanto, subiu um 0,39% alcançando os 1,779/1,781 por divisa estadounidense no mercado interbancário, aonde na segunda feira tinha se visto uma depreciação de um 0,11%

O nível global, o dólar se valorizou um 0,16% ante a cesta de moedas de transferência.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil