Busca:

Bovespa recupera 2,7% após quatro quedas seguidas na semana


A Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) terminou esta sexta-feira (27) em alta. O Ibovespa (principal índice da Bolsa paulista) subiu 0,31%, aos 64.294,96 pontos. Na semana, a Bolsa fechou com ganho acumulado de 2,7%. Foi a primeira semana de alta depois de quatro semanas seguidas de perdas. No entanto, no ano o prejuízo ainda é de mais de 7%.

bov1

O dólar comercial fechou o dia em baixa de 0,99%, cotado a R$ 1,601 na venda. Com isso, a moeda norte-americana tem a maior desvalorização diária desde o dia 7 de abril (quando caiu 1,86%). No acumulado da semana, a moeda teve queda de 0,87%.

Bolsas internacionais

Em Wall Street, o índice Dow Jones, o principal dos Estado Unidos, fechou em alta de 0,31%.

As Bolsas europeias encerraram em alta, ajudadas por ações de mineração e bancos. Uma matéria do Financial Times (FT) sugerindo que os bancos europeus podem evitar algumas das regulamentações mais duras da Basileia 3 foi um dos destaques do dia.

As ações de bancos como BNP Paribas (2,3%), Societe Generale (1,4%), Unicredit (2,0%), RBS (3,4%) e Lloyds (1,8%) ficaram entre os principais ganhos. A queda do dólar, por sua vez, deu impulso aos papéis de commodities, como Antofagasta (4,3%), Rio Tinto (2,9%) e BHP Billiton (1,2%).

A frágil recuperação mundial – com a crise na Europa, um modesto crescimento nos Estados Unidos e recessão no Japão – mantém os investidores cautelosos nas Bolsas asiáticas. Os principais indicadores da região fecharam a sexta-feira com movimentos distintos, refletindo a baixa confiança do mercado.

Em Tóquio, o índice Nikkei 225 recuou 0,42%, para 9.521,94 pontos, influenciado pelas ações da Sony, que caíram 3,22% depois que a fabricante de eletrônicos informou perdas no ano fiscal e previsão de lucro abaixo do esperado pelo mercado para o novo exercício.

Brasil x Argentina

Depois de uma semana de negociações para tentar encerrar a controvérsia sobre a suspensão das licenças automáticas para a venda de automóveis e autopeças entre o Brasil e a Argentina, a ministra da Indústria, Débora Giorgi (da Argentina), disse nesta quinta-feira (26) estar otimista com o avanço das articulações. Por meio de assessores, ela afirmou que há boa vontade de ambas as partes para obter um acordo.

Inflação no Japão

O índice de preços ao consumidor (IPC) japonês subiu 0,6% em abril com relação ao mesmo mês do ano anterior, o primeiro aumento em dois anos e quatro meses, segundo dados publicados pelo Governo nesta sexta-feira.

O indicador, que exclui os alimentos frescos devido a sua excessiva volatilidade, chegou a 99,8 pontos com relação à base de 100 estabelecida em 2005, segundo dados preliminares do Ministério do Interior e Comunicações.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil