Busca:

Bovespa opera em baixa de olhos e ouvidos colocados na Europa


A Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) opera em queda nesta quarta-feira. Às 11h20 o Ibovespa, principal índice da praça paulista, caía 0,37%, cotado em 59.316 pontos.

bov8As bolsas na Europa, depois de uma abertura em alta, passaram a operar de lado após uma autoridade do governo da Alemanha afirmar que a Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês) e o Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM) não vão operar simultaneamente.

A mesma autoridade disse que está mais pessimista do que na semana passada com relação às chances de sucesso da cúpula da União Europeia marcada para o final desta semana.

Dólar registra leve alta, em mais um dia de expectativa. Às 11h20, Londres caía 0,08%, Paris subia 0,33%, Frankfurt recuava 0,02%, Madri -0,62% e Milão -0,62%.

Para a Bovespa, o analista técnico da XP Investimentos Gilberto Coelho ressalta que há um ponto de resistência forte nos 60 mil pontos. “Mas dezembro tem se mostrando muito bom para a Bolsa e, a julgar pelos indicadores de força e médias móveis, acredito no rompimento”, comenta, apoiado em processos de cálculo de cotações seqüenciais do Ibovespa.

Para ele, a superação desse nível pode abrir espaço para o índice à vista buscar os 62 mil e, quem sabe, os 65 mil pontos, diminuindo uma parcela significativa das perdas acumuladas em 2011 (-14,09%) e, ao mesmo tempo, melhorando a performance neste mês (+4,68%). Em contrapartida, “para reverter o cenário de alta, o Ibovespa teria de perder suportes em 57,2 mil e em 55 mil pontos”, destaca.

Mas o ambiente para os negócios com risco está mais propenso para ganhos do que perdas. Embora o fôlego de alta tenha perdido força nesta manhã, os mercados internacionais são novamente influenciados por especulações sobre possíveis medidas a serem anunciadas pelos líderes europeus após o encontro, que termina na sexta-feira.

Ásia

Os investidores voltaram a ficar otimistas com a resolução da crise de dívida na zona do euro nesta quarta-feira na Ásia. Depois de um dia de perdas, as principais bolsas asiáticas fecharam em alta, enquanto as europeias operavam também com ganhos e ainda não tinham virado.

A reunião que acontecerá nesta sexta-feira entre Angela Merkel e Sarkozy terá como pauta as mudanças nos tratados da União Europeia. Os líderes da zona do euro pretendem aumentar a disciplina fiscal dos países da região através de novas regras na UE. No mais, também há a proposta de trazer mais dinheiro para o fundo de resgate europeu.

O índice principal da Bolsa de Valores de Tóquio, o Nikkei, encerrou o pregão desta quarta-feira com alta de 1,71%, aos 8.722,17 pontos. Já o índice Topix, que agrupa todos os valores da primeira seção, ganhou 1,57%, aos 749,63 pontos. O indicador Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, encerrou o pregão em alta de 1,6%.

Post Relacionados

2 Comentários

RSS de comentários.

Comentários encerrados

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil