Busca:

Bovespa avança mais de 2%; dólar cai a R$ 1,803


A Bolsa brasileira encerrou o pregão desta quinta-feira (1º) em alta acima de 2%, pelo segundo dia consecutivo, descolada dos mercados externos e influenciada pelas medidas de incentivo ao consumo anunciadas pelo governo nesta manhã.

bov1

O Ibovespa, principal índice das ações na Bolsa paulista, registrou valorização de 2,23% hoje, aos 58..143,42 pontos. O giro financeiro do pregão foi de R$ 6,94 bilhões.

Na semana, a Bovespa acumula ganhos de 5,92%. No ano, tem prejuízo de 16,10%.

Dólar cai pelo quinto dia e vai a R$ 1,803

O dólar comercial registrou queda pelo quinto dia seguido nesta quinta-feira (1º), influenciado pela perspectiva de um fluxo maior de capitais para o país após as medidas anunciadas pelo governo para estimular o crescimento da economia. O mercado de câmbio, no entanto, continuou atento à crise da dívida na Europa, mantendo a moeda norte-americana ainda perto de R$ 1,80.

A moeda norte-americana fechou em baixa de 0,57%, a R$ 1,803 na venda. No ano, o dólar acumula valorização de 8,19%. Governo cortou imposto sobre investimentos externos em ações

Pela manhã, o governo anunciou a redução do Imposto sobre Operações Financeiras, de 2% para zero, dos investimentos externos em ações. Sobre o crédito para pessoa física, a alíquota anual do IOF caiu de 3% para 2,5%.

Segundo o operador Rodrigo Falcão, da Icap Corretora, a redução do IOF sobre investimento estrangeiro na Bolsa foi a principal influência positiva desta sessão.

“É muito importante esse nível (do Ibovespa). Se continuar, a alta pode chegar aos 62 mil”, afirmou. Ele considerou que, se o índice não sustentar esses ganhos, há o risco de retornar ao patamar que estava antes, em torno dos 55 mil pontos.

Bolsas internacionais

O principal índice das ações europeias fechou em queda na volátil sessão desta quinta-feira, com as vendas ganhando força por fatores técnicos, após o índice não ter conseguido romper um importante nível de resistência e investidores embolsarem lucros do rali da sessão anterior.

O FTSEurofirst 300, que reúne as blue chips da região, caiu 0,6%, para 976 pontos, segundo dados preliminares.

As Bolsas de Valores da Ásia tiveram um rali para a máxima em duas semanas nesta quinta, na cola de fortes ganhos dos mercados globais após os seis principais bancos centrais do mundo se moverem para evitar a falta de liquidez de bancos europeus ao oferecerem dólares mais baratos.

O índice Nikkei da Bolsa de Tóquio fechou em alta de 1,9%, aos 8.597 pontos. As ações chinesas tiveram performance ainda melhor, com o índice Hang Seng disparando quase 6% após Pequim cortar os depósitos compulsórios para bancos de varejo na quarta-feira pela primeira vez em três anos.

O índice da Bolsa de Seul subiu 3,72%, para 1.916 pontos. A Bolsa de Taiwan avançou 3,98%, a 7.178 pontos, enquanto Cingapura subiu 2,20%, a 2.761 pontos, e Sydney fechou com valorização de 2,64%, para 4.228 pontos.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários.

Comentários encerrados

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil