Busca:

Bolsa de São Paulo se recupera e o dólar sofre queda forte


A Bolsa de Valores do estado de São Paulo (Bovespa) fechou o pregão de hoje em alta de 1,83%, com o índice Bovespa cotando em 69.939 pontos, entanto que o dólar se desvalorizou 1,69% no dia.

Com um volume de negócios de 3.047 milhões de dólares, muito próximo ao valor da ultima sexta-feira, a Bovespa teve sua maior valorização diária desde o 17 de fevereiro, quando tinha subido 2,17%.

Entre as cinco ações mais negociadas, estiveram as ações preferenciais da Petrobrás que subiram 1,15% e as da gigante mineira Vale, 1,87%.

Os papeis do Banco Itaú-Unibanco se valorizaram 1,48%, os da própria bolsa 2,52% e os da siderúrgica Gerdau 4,62%.

 

O mercado interbancário de câmbios, fechou com o dólar cotando em 1,797 reais para a compra e 1,799 reais para a venda, o que representou uma desvalorização de 1,69% do dólar com relação ao fim do pregão da passada sexta-feira.

O monto dos negócios com o cambio aumentou consideravelmente, passando dos 1.800 milhões de dólares na sexta-feira passada, aos mais de 4.000 milhões do pregão de hoje.

O Banco Central do Brasil manteve suas habituais compras diárias, nas quais pagou 1,8034 reais por dólar adquirido.

Segundo analistas, a baixa do dólar apresentada hoje, reflete o alivio no que diz respeito a situação da Grécia, que fez reduzir o estado de aversão ao risco dos investidores, e estimulou a compra de reais.

Post Relacionados

1 Comentário

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil