Busca:

A Bovespa vai “calçar” nova empresa na grade de oferta


A fabricante de calçados Arezzo já tem solicitado o pedido para Oferta Pública Inicial de ações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) oficializando assim seu acesso ao mercado financeiro.

A renomada marca brasileira na atualidade tem produtos comercializados por 260 franquias, sendo 253 no Brasil e sete no resto do mundo, além de contar com 27 lojas próprias. Todas as marcas estão presentes em mais de 1.600 lojas no país inteiro.

 

A intenção da companhia Arezzo e concretizar uma oferta primária (emitir ações novas) para reforçar a caixa, e logo a secundária (negociando os papéis já existentes) dos atuais sócios. Outros detalhes – tipo a quantidade de ações e cronograma – ainda não estão disponíveis, segundo comunicado da empresa.

Neste ano 2010, de janeiro a setembro, a Arezzo teve receita líquida de R$ 395,5 milhões, alta de 47,4% sobre igual período 2009. O lucro líquido em 2010 até setembro foi de R$ 43 milhões de reais, o que representa um crescimento de 67,3%.

O pedido de registro do IPO acontece um dia após outra fabricante de calçados ter manifestado intenção de realizar uma oferta de ações, a Vulcabras Azaleia. Com ações na Bovespa, a empresa manifestou que pretende captar recursos por meio da venda de novos papéis para ampliar suas fábricas e fazer eventuais aquisições.

Agora são 11 empresas com pedido de ofertas de ações em análise pela CVM: Autometal, DrogaRaia, Desenvix Energias Renováveis, Qgep Participações e Sonae Sierra Brasil, além da Arezzo. A operação da fabricante de calçados conta com apoio dos bancos Credit Suisse e Bank of America Merrill Lynch.

Post Relacionados

Sem comentários

RSS de comentários. TrackBack URI

Deixe um comentário

XHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Condiciones de uso de los contenidos | Responsabilidad

| Canal Brasil